Hideo Kojima, criador de Metal Gear, escreveu um artigo para a Rolling Stone no qual ele comenta um pouco sobre alguns filmes que ama - Dunkirk Fugindo do Inferno - e como eles estão inspirando seu novo projeto, o misterioso Death Stranding. Primeiro, ele citou novamente a história The Rope, do autor japonês Kobo Abe, que explica um dos princípios do jogo.

"A corda e a vara são as ferramentas mais antigas da humanidade. A vara serve para afastar o mal, a corda traz para perto aquilo que é bom, ambos foram os primeiros amigos inventados pela humanidade. A corda e a vara estão onde a humanidade estiver." Com base nessas duas ideias, Kojima explica:

"55 anos se passaram desde a criação do jogo Spacewar!, mas jogos ainda são, primariamente, jogadores com varas lutando entre si. Eles não podem quebrar a maldição de usar varas para afastar o mal, ou derrotar inimigos. Eu quero mudar isso." Kojima explicou que ele olha para obras como Dunkirk, Fugindo do Inferno e o próprio Metal Gear como histórias que mostram que proteger a vida é mais importante do que simplesmente vencer os adversários.

"É hora da humanidade levar a corda na mão. Nós estamos prontos para um jogo que não é baseado em competição, mas na corda que traz o bem para o jogador e faz conexões. Nós não precisamos de um jogo sobre dividir jogadores entre vencedores e perdedores, mas sim sobre criar conexões em um nível diferente. Meu projeto atual, Death Stranding, procura alcançar esse objetivo," explicou Kojima.

A descrição feita por Kojima indica que Death Stranding pode ter algum tipo de conexão multiplayer cooperativa, mas o desenvolvedor não entrou em detalhes específicos sobre como "a corda" será usada no jogo, preferindo um discurso mais abstrato.

"Fazem mais ou menos 120 anos desde que filmes foram inventados, e 59 para jogos. Ainda estamos inundados num dilúvio de jogos onde derrotar o inimigo é o foco," ele continuou. "Chegou a hora dos jogos alcançarem seu Dunkirk, seu Fugindo do Inferno. Nós precisamos de um jogo que mantenha a essência e diversão únicas do meio, mas também oferece uma experiência completamente nova. Mais que isso, a natureza interativa dos jogos significa que essa nova experiência será mais profunda do que filmes ou outras mídias jamais conseguirão oferecer."

Death Stranding ainda não tem data de lançamento.