O grande dia chegou para todos os fãs brasileiros de League of Legends. Depois de meses de disputas, Team oNe e paiN Gaming se encontraram no Ginásio do Mineirinho, em Belo Horizonte, para travar a grande final do CBLoL 2017 nesse sábado (2). E a grande surpresa continuou aparecendo, pois os "golden boys" superaram a torcida fervorosa da paiN por três jogos a um e conquistaram sua vaga para o Mundial.

A primeira disputa chegou com calma e tranquilidade pelos dois times. Buscando estudar os oponentes, ambos os lados se mantiveram sem muitas agressões e o equilíbrio permaneceu até os 20 minutos. A partir daí, a Team oNe surpreendeu a paiN Gaming e levou quatro torres em uma sequência, mas sofreu um Barão para equilibrar a situação.

A corrida contra as estruturas da paiN continuou sem dó pela Team oNe. Com várias tentativas laterais, o time buscou dividir a atenção entre inibidor e Barão, mas falhou na hora de avançar contra os inimigos. O equilíbrio se manteve pelos minutos seguintes, mas um pulo em falso do atirador Luis "Absolut" Felipe Carvalho custou a sua segurança e a primeira vitória para a paiN.

Na segunda partida, a Team oNe buscou converter sua composição para ampliar o espaço da Tristana e neutralizar o atirador adversário, Pedro "Matsukaze" Gama. O jogo prosseguiu com uma grande movimentação na rota inferior, mas a estabilidade foi novamente a palavra da partida até os 24 minutos.

Mantendo as respostas rápidas, a Team oNe revidou um Barão com torres, ampliando sua vantagem de ouro. E o ritmo continuou assim: com uma belíssima briga ao redor dos 30 minutos, a equipe limitou o espaço da Sivir e forçou o Galio de Gabriel "Kami" Bohm de forma defensiva, conquistando o empate em um a um na final.

João "Marf" Luís entrou para a Team oNe na terceira partida para trocar a dinâmica do time. Mas quem se destacou mesmo foi o top laner Alvaro "Vert" Miguel, conseguindo fazer três jogadas individuais de peso nos primeiros 15 minutos da partida.

Um erro de comunicação custou um roubo crítico do caçador Alanderson "4LaN" Meireles no Barão. A situação foi se apertando depois disso: com avanços cuidadosos nos objetivos, a Team oNe pressionou aos poucos e culminou na sua segunda vitória.

O quarto jogo veio com abates já no início em favor da Team oNe, mas uma bela atuação do Kami com Vel'Koz conseguiu neutralizar boa parte das investidas adversárias. As agressões voltaram a se centralizar na rota do topo e no Barão: ao redor dos 20 minutos, os times brigaram ferozmente nessa região; mas quem saiu com os buffs foi a Team oNe.

A paiN começou a fazer mais investidas certeiras, neutralizando o dano rival e começando a ditar o ritmo de jogo. Mas, aos 35 minutos, quem focou o atirador foi a Team oNe, acertando uma bela briga que recuperou o Barão e complicou a situação novamente para a paiN.

Aos exatos 40 minutos, a Team oNe acertou a briga decisiva no Dragão Ancião que rendeu tudo o que eles queriam: o cerco final, a vitória e o título do campeonato brasileiro de League of Legends.

Dessa forma, a Team oNe fica com o título da segunda temporada do CBLoL 2017 e agora representará o Brasil no campeonato mundial da Riot Games. A competição acontece entre os dias 23 de setembro a 4 de novembro na China, com o prêmio mínimo de US$ 2,13 milhões, o equivalente a aproximadamente R$ 6,68 milhões.