League of Legends

None

League of Legends vai recomeçar sua história do zero. Em um post publicado no blog da Riot Games, Tommy Gnox, membro do time de roteiristas do jogo, explicou que a decisão foi tomada porque algumas das escolhas narrativas iniciais "inibem o crescimento criativo dos personagens e do mundo do game."

"No começo de League of Legends, criamos uma ambientação que justifica como os jogadores podem controlar os campeões durante as partidas, com conceitos como Invocadores, Campos da Justiça, um Instituto da Guerra, e a própria Liga. Depois disso, estas escolhas começaram a criar problemas inesperados. Cada novo campeão precisava de uma razão para entrar na Liga, e à medida que o número de personagens cresceu, o mundo começou a parecer pequeno, e menos interessante", justificou o roteirista.

Segundo Gnox, a ideia dos Invocadores fez com que os Campeões parecessem marionetes manipuladas por um poder divino. "O ambiente que criamos para explicar a ação em jogo restringia o desenvolvimento narrativo em potencial dos personagens de League of Legends."

O post também diz que o reboot servirá para expandir a história "em vários meios", indicando a possibilidade de novos produtos relacionados a League of Legends além do jogo.

League of Legends é um MOBA (Multiplayer Online Battle Arena) free to play, que exibe um sistema que permite a qualquer jogador jogar sem a necessidade de um pagamento. No entanto, existem itens no jogo que podem ser adquiridos com dinheiro real. Hoje League of Legends tem mais de 70 milhões de jogadores registrados, dos quais 32 milhões são jogadores ativos.

Leia mais sobre League of Legends