Dentre as atrações nostálgicas da Hyperkin na CES uma das mais inusitadas e chamativas é The Duke, uma recriação do primeiro controle do primeiríssimo Xbox, lançado em 2001.

No evento foi revelado que o The Duke for Xbox One (nome oficial do periférico) chega ao mercado em março, pelo preço de 70 dólares. Ele vai funcionar tanto no Xbox One quanto no PC

Outra novidade é que ele apresenta um par extra de botões superiores - para funcionar perfeitamente com jogos de X360, Xbox One e outros títulos recentes no PC.

O novo Duke não tem mais entrada para os cartões de memória do primeiro Xbox, mas traz outra novidade curiosa: logo do Xbox no centro do controle agora é um botão que pode ser ativado para rodar um vídeo da tela de boot do console em uma pequena tela OLED.

Inesperada nostalgia

Em entrevista ao site CNET, o criador do controle, Seamus Blackley, diz que foi o apoio de fãs no Twitter e, principalmente, o suporte de Phil Spencer, atual chefe da divisão Xbox, que fizeram o relançamento do Duke acontecer.

A ideia nasceu quase por acaso, quando Blackley estava organizando algumas caixas em casa e encontrou uma unidade do controle.

Bill Gates e Seamus Blackley na época de lançamento do primeiro Xbox, no início dos anos 2000

Após publicar uma foto do joystick no Twitter ele descobriu que havia muitos fãs do Duke e entrou em contato com Phil Spencer para perguntar se seria possível criar uma nova versão dele de alguma maneira.

Apesar da fama atual, o Duke não fez tanto sucesso na época. Grande e com disposição de botões pouco convencional, ele logo foi substituído como controle padrão do videogame pelo Controller S, que era o padrão de joystick do videogame da Microsoft no Japão.