A desenvolvedora de games THQ, conhecida por sua linha de jogos baseados nos desenhos da Nickelodeon, divulgou sua primeira lista de títulos destinados ao Revolution - quer dizer, ao Wii, definitivo nome do console de nova geração da Nintendo (que soa como We, nós em português, referência ao caráter de família que o videogame terá).

Carro-chefe da Nick, Bob Esponja puxa a fila com SpongeBob SquarePants: Creature from the Krusty Krab. O título - produzido também para GameCube, GameBoy Advance e DS, todos da Nintendo, mais os PCs - terá nove níveis de aventuras submarinas e chega às lojas no fim do ano. Logo atrás vem uma novidade do canal, que estréia também no mundo dos games. Avatar: The Last Airbender, com seu visual de animê, artes marciais e temática mística, aposta num número maior de plataformas - além das máquinas da Nintendo, sai para PS2, PSP, PC e Xbox, tudo no fim de 2006.

Bem conhecido dos espectadores do canal, Danny Phantom faz sua primeira aparição no portátil DS. Em Danny Phantom Urban Jungle, que também sai no quarto trimestre para GBA, os jogadores controlam o personagem meio menino, meio fantasma, enquanto ele aprende um novo poder congelante, que ajudará na luta contra seus inimigos. Outro jogo que sai para GBA - este inspirado em uma série em live-action, com atores reais - é o juvenil Unfabulous. Na pele da jovem Addie Singer, o desafio é a escalada de popularidade da Rocky Road Middle School.

Se é título demais em pouco tempo, a THQ também pensou num jeito de compilá-los. Nicktoons (título provisório) reúne vários personagens do canal em um jogo só, incluindo Bob Esponja, Jimmy Neutron e Padrinhos Mágicos. Será possível combinar forças e armas no combate contra um inimigo que quer destruir a ilha dos Nicktoons. O game está sendo produzido para PS2, GameCube, GBA, DS e ainda não tem data de lançamento. Por fim, Barnyard, longa-metragem do mesmo diretor de Jimmy Neutron, Steve Oedekerk, também vai virar jogo. Deve chegar às lojas para PS2, GameCube e GBA junto com a animação, dia 28 de julho nos EUA.

Leia mais sobre o Nintendo Revolution