Não é segredo que o mundo editorial procura desesperadamente o novo Harry Potter, ou melhor, o novo título capaz de levar milhões às portas das livrarias e criar novos leitores. Também não é segredo que os contratos de edição de livros infanto-juvenis tiveram seus preços elevados pelo sucesso de Joanne Rowling.

1

None

O mais novo beneficiado desse cenário de ênfase em fantasia para jovens e adultos é um estreante irlandês que até pouco tempo cuidava de uma plantação de verduras. Derek Landy abandonou os estudos quando foi mandado embora dos estúdios de animação da faculdade. Ele acaba de assinar um contrato de 1 milhão de libras para escrever três livros com as aventuras de seu personagem, Skulduggery Pleasant. As negociações para a adaptação cinematográfica do primeiro volume, que chega às livrarias no dia 02 de abril, já estão em andamento.

Em entrevistas aos jornais britânicos, Landy brincou dizendo que 32 é uma boa idade para sair da casa dos pais.O contrato é o maior já fechado pela editora HarperCollins para um livro infantil.

Skulduggery Pleasant narra as aventuras de um esqueleto detetive e uma garota de doze anos. As histórias são direcionadas para o público entre oito e treze anos e são descritas pelo autor como uma combinação de horror, gótico, personagens que falam rápido e artes marciais.

O cenário dos livros é o norte do condado de Dublin, onde Landy mora e onde fica a fazenda de seus pais. Foi lá que ele trabalhou depois que os dois curtas produzidos com roteiros seus, Dead Bodies (Cadáveres) e Boy Eats Girl (Garoto Come Garota), não o levaram a lugar algum.