Tóquio viveu horas agitados na semana passada. Em pleno dia útil, uma quinta-feira, a Square Enix colocou nas lojas o esperadíssimo Final Fantasy XII para PlayStation 2.

Em alguns pontos da cidade havia filas na hora da abertura de lojas. Portas abertas, a dispersão foi rápida, com muita gente comprando o RPG antes de seguir para o trabalho. No escritório central da Square Enix o movimento foi mais intenso. O diretor do jogo, Akitoshi Kawatsu, apareceu ao lado do presidente da companhia, Yoichi Wada, para comemorar o lançamento - enquanto a cantora Angela Aki entoava a música-tema composta por Taro Hakase.

Quando nós anunciamos o desenvolvimento de FFXII em 2000, a previsão era ser um game online. Ele mudou para um jogo offline no meio do processo, e agora finalmente está completo. Demorou um bocado de tempo para a equipe criar o jogo, e hoje ele pode ser considerado uma espécie de blockbuster dos videogames, discursou Kawatsu.

Segundo o presidente Wada, as primeiras prensagens de FFXII devem superar os dois milhões de unidades - que a Square Enix espera esgotar até o fim do mês. Ele comentou também que a idéia é conseguir estrear o jogo nos Estados Unidos antes do Dia de Ação de Graças, que acontece na última semana de novembro, seguido do lançamento na Europa.

O site oficial do game tem vídeos, downloads e imagens das personagens.