Mais uma vez os designers de games querem mostrar que Wii não é um videogame de criança e não precisa ficar preso à imagem de plataforma familiar.

no more heroes

None
Cena do game No More Heroes

Suda 51, presidente do estúdio Grasshopper Manufacture, que em seu portfólio tem o surpreendente Killer 7, de GameCube, afirmou em uma entrevista ao site IGN que quer que seu novo jogo No More Heroes, de Wii, seja o game mais violento de todos.

Primeiro, No More Heroes não será uma seqüência de Killer 7, já que os direitos deste pertencem à Capcom. Ao contrário, contará a história de Travis Touchdown, um personagem fictício que é uma espécie de Johnny Knoxville (ator do seriado americano sem noção Jackass), que ama cultura japonesa e artes marciais, além de ser viciado na trilogia Star Wars.

Travis se transforma em um assassino ambicioso que deseja ser o mais perigoso de todos, tendo que progredir em uma lista de assassinos. Ambientado em Santa Destroy, uma cidade fictícia na Costa Oeste americana, No More Heroes será um jogo que dará liberdade ao gamer, que poderá completar missões para ganhar dinheiro e sair da pobreza.

Com uma motocicleta como única forma motorizada de locomoção, os jogadores enfrentarão um título que promete ser tão violento, ou ainda mais, que o jogo Manhunt 2, da Rockstar Games. Será?