Um novo estudo conduzido por professores da Universidade de Purdue relacionou de forma convincente o lançamento de Pokémon GO com o aumento do número de acidentes no Condado de Tippecanoe, nos Estados Unidos. Segundo o artigo intitulado "Morte por Pokémon GO", eles comprovaram que o número de acidentes no raio de até 100 metros de uma Pokéstop aumentou em 26,4% desde o lançamento do game mobile da Niantic.

Nos 148 dias seguintes ao game, as áreas também demonstraram 134 acidentes a mais do que nos outros períodos do ano. Tudo isso resultou em 31 casos de ferimento, 2 casos de morte e um prejuízo estimado em US$ 500 mil, o equivalente a R$ 1,6 milhão.

Em nível nacional, os autores também estimaram que o lançamento de Pokémon GO causou 145 mil batidas, 29 mil acidentes com ferimentos e 250 mortes adicionais por todo o país.

Você encontra o artigo completo em inglês por meio deste link. Desde o lançamento, a Niantic foi inserindo avisos para os treinadores não jogarem em alta velocidade e o próprio jogo para de mostrar Pokémons se eles estiverem a mais de 30 km/h.