O que você faria se tivesse o controle sobre o futuro da sua série de jogos favorita? Para que direção você a levaria? A comunidade de Sonic teve essa oportunidade, e, após um longo tempo de jogos ruins (com algumas exceções), criou um dos melhores títulos que o personagem estrelou nos últimos anos: Sonic Mania.

Por trás de seu resgate do visual 16-bit e sua pegada retrô, Sonic Mania é uma produção colaborativa entre alguns dos maiores nomes da comunidade de fan games do ouriço. Encabeçando o projeto, temos o programador e fã Christian Whitehead, que já trabalha com a Sega há algum tempo nos ports de Sonic 1, 2 e CD para mobile - ele tem até um motor gráfico próprio para isso, que usa recria todo o visual glorioso do Mega Drive com um software moderno.

E não dá para negar que as "novas-velhas" versões são impressionantes. Uma rápida observação faz até você pensar que os loopings clássicos da Green Hill Zone ou os tubos da Chemical Plant Zone são apenas uma cópia das versões de Sonic 1 ou 2, de modo que nem dá para imaginar que cada pixel destes cenários foi refeito.

Uma olhada mais atenta, entretanto, vai notar diversas diferenças. A primeira (e maior delas) é no quesito gráfico. Pegue, por exemplo, a Chemical Plant Zone de Sonic 2:

E agora, compare com a mesma fase, em Sonic Mania:

Não somente a trilha sonora e os movimentos de Sonic foram repaginados (perceba como ele coloca os braços para trás ao correr bem rápido), como também o próprio cenário teve algumas mudanças sutis nas cores e texturas, ainda mais vivas, sem deixar de lado as mecânicas que os faz reconhecido.

Mas é nos níveis novos que a equipe realmente se supera, em todos os quesitos. São fases como a fantástica Studiopolis e sua brilhante combinação de sombras em contra-luz em contraponto às cores fortes das rampas e plataformas. Na parte de gameplay, a fase também é um espetáculo, transformando panelas de pipoca em canhões e fazendo antenas parabólicas transportarem Sonic na diagonal como se fosse um barril de Donkey Kong Country.

Por trás da paixão, Whitehead e cia. também mostram uma competência e um entendimento maior do que a própria Sega no que faz um jogo do Sonic ser bom. Seja nos níveis clássicos, seja nos modernos, Sonic Mania vai muito além da nostalgia ao trazer uma combinação de velocidade e cadência que faz todos os níveis serem únicos, tanto no ponto de vista visual quanto mecânico.

Studiopolis Zone, uma das fases inéditas de Mania, é simplesmente deslumbrante

Sonic Mania não foi feito para entendiar, mesmo se você estiver jogando da segunda ou da terceira vez. Uma das minhas características favoritas de todo jogo clássico do ouriço é a sensação de ter completado um nível sem ter visto nem metade dele, e tive a oportunidade de sentir isso em praticamente toda a extensão do jogo.

Some isso aos desafios implementados em cada nível, tanto nas mais variadas mecânicas apresentadas, quanto nos chefes (um dos inimigos finais de uma das fases te enfrenta em um incrível desafio de Tetris), e você tem um título que justifica sua existência não apenas pela nostalgia, mas também por suas novidades. É algo que falta, por exemplo, em empreitadas recentes que também tentaram apelar para o passado, como o medíocre Sonic 4.

Os fãs que criaram Sonic Mania parecem entender mais do que a Sega sobre o que faz um jogo do Sonic ser bom

O fan service fica completo com a mais completa extensão de personagens, itens e bônus que existem no jogo. É possível fazer a campanha com Sonic, Tails, os dois juntos, ou Knuckles (com direito a níveis diferentes para a equidna). As fases resgatam os níveis bônus de esferas azuis de Sonic 3 e os desafios para obter as Chaos Emeralds são corridas com um simpático gráfico 3D da era 32-bit. Tem até opção para emular o visual das TVs de tubo, deixando listras na sua tela.

Pense em alguma série de jogos em que os fãs e os desenvolvedores não se entendem, como se um tentasse convencer o outro do que é melhor para o futuro da franquia. Sonic é um daqueles casos em que essa desconexão parece perene - a internet tratou de criar até um infográfico para explicar o fenômeno.

Bem, depois de Sonic Mania, não há mais dúvidas nessa disputa. Temos de concordar que os fãs tem toda a razão.

A Mirage Saloon de Knuckles é bem diferente da Mirage Saloon de Sonic

Sonic Mania está disponível para PlayStation 4, Xbox One e Nintendo Switch. Uma versão para PC (Steam, Nuuvem) será lançada em 29 de agosto. O jogo foi testado em um Nintendo Switch. Clique no nome das plataformas para conferir o preço em suas versões digitais.

Nota do crítico