Na última segunda-feira (5), a jogadora coreana Kim "Geguri" Se-yeon anunciou que foi contratada por uma equipe internacional de Overwatch — acionando também o radar de muitos fãs que questionavam se ela seria a primeira mulher a participar da Liga Overwatch. Segundo a apuração da ESPN, a casa dela é justamente a Shanghai Dragons.

Geguri fará parte de uma reestruturação da equipe, que até agora contava apenas com competidores chineses. Além dela, entrarão os coreanos Lee "Fearless" Eui-Seok e Cheon "Ado" Ki-hyun, além de um integrante chinês que não foi mencionado na reportagem.

A Shanghai Dragons atualmente está na última colocação da Liga Overwatch e é a única equipe que não ganhou nenhuma série na fase regular da competição. Geguri já participou de algumas equipes profissionais em sua carreira, incluindo a EHOME Spear e a ROX Orcas.

No início do cenário competitivo, ela foi acusada por jogadores profissionais da Coreia do Sul de usar "cheats" para melhorar a mira e aumentar a perfomance da sua personagem que também é sua marca registrada, Zarya. Na ocasião, ela provou a sua habilidade em um estúdio monitorado.