O compositor Andrew Lloyd Webber anunciou que vai compor uma seqüência para O Fantasma da Ópera. O anúncio foi feito em seu videoblog, no qual Webber revelou que o cenário da continuação de seu musical será a cidade de Nova York.

1

None

Baseado no livro de Gaston Leroux, O Fantasma da Ópera virou musical de teatro nas mãos de Webber e recebeu sete prêmios Tony em 1988, incluindo Melhor Musical. Em 9 de janeiro de 2006, tornou-se a peça com a mais longa temporada em cartaz de toda a história da Broadway, ultrapassando Cats, o recordista anterior. A peça estreou originalmente em Londres com Sarah Brightman, então esposa de Webber, no papel de Christine, e Michael Crawford no papel do Fantasma.

Em cartaz em versões locais em várias cidades do mundo, incluindo São Paulo, onde está em final de temporada, O Fantasma da Ópera tem música de Webber e letras de Charles Hart. Segundo o compositor, uma das músicas da seqüência já está pronta e foi apresentada ao público durante as comemorações dos 50 anos de Andrew Lloyd Webber. A apresentação de "The Heart is Slow to Learn" (O Coração Demora a Aprender) ficou a cargo de Kiri Te Kanawa.

Durante algum tempo, Webber trabalhou na seqüência do musical com o escritor Frederick Forsyth. Quando a seqüência não foi em frente, Forsyth publicou o livro The Phantom of Manhattan (O Fantasma de Manhattan). O compositor não disse em seu anúncio se o novo musical será ou não baseado no livro.