Em reunião com acionistas, o presidente da Nintendo, Satoru Iwata, revelou que a empresa considera acabar com a trava de região no Wii U e no 3DS, que impede que jogos fabricados para um mercado rodem em aparelhos vendidos em outro.

Wii U

None

"Na indústria de games, localizar um produto sempre levou muito tempo, bem como lidar com campanhas de marketing específico em cada país, ou resolver questões de títulos que usam conteúdo que não é licenciado de maneira global. Por isso, a trava de região sempre existiu para ajudar mais os vendedores do que os consumidores. Essa é a situação atual dos nossos consoles", explicou.

Depois de explicar os motivos da existência de uma trava de região, o executivo ponderou a necessidade de remover tal tipo de restrição. "Se retirarmos a trava de região para beneficiar os consumidores, pode haver ganho para nós. Mas, para destravar os consoles, precisamos resolver várias questões legais. Embora não possa dizer hoje se temos a intenção ou não de destravar, temos ciência de que esssa é uma questão a se considerar no futuro."

O Wii U e o 3DS são os únicos aparelhos no mercado com a trava de região. O PlayStation 4, o Xbox One e o PlayStation Vita não tem essas restrições.

Leia mais sobre Nintendo