A série Mortal Kombat completa, no dia 8 de outubro de 2017, seus 25 anos de vida entre todos os fãs de videogames. Dos fatalities aos combates mortais, a franquia marcou várias gerações de jogadores como um dos títulos de luta mais conhecidos e sanguinários.

Para honrar a memória de todos nós, o The Enemy separou uma lista com alguns dos momentos mais marcantes entre todos os jogadores da série.

Você escolhia o Sub-Zero. Os pilares estão na sua frente. Uma voz clama "choose your destiny! MUAHAHAHA". O que você faz?

Descobrir um combo sem ler na revista (ou na internet)

A galera que se reunia para jogar Ultimate Mortal Kombat 3 no Super Nintendo talvez lembre de alguns amiguinhos que descobriam todos os combos na edição completa sobre Mortal Kombat na Super Game Power ou em outra revista da época.

E você? Talvez você jogava na raça, não?

Hoje em dia dá pra fazer o mesmo pela internet. Ou mesmo o próprio jogo já mostra os combos, mas descobrir por conta própria ainda é muito legal.

Acertar um Fatality no amiguinho

Decorar um Fatality era a parte fácil, mas ver que você acertou o comando era muito incrível. Todos que acompanhavam a partida ficavam admirados com ossos quebrando, ácidos derretendo a carne e explosões na tela.

Melhor ainda quando você não sabia o comando e acertava na pura sorte, não?

Descobrir um código que abria algo novo no jogo

Lembra de decorar aqueles códigos imensos para liberar menus e personagens secretos já de cara ou jogar com tempo infinito?

Ou de testar as combinações de figuras na parte de baixo da tela de loading para ver se algo destravava na pura sorte? Quando dava certo, era pura alegria.

Testar sua força e paciência com os minigames

Talvez, mas só talvez, você tenha quebrado um ou dois controles enquanto macetava todos os botões nos famosos minigames de "Test Your Might"...

Ou será que estou errado?

Liberar coisas novas na cripta

A cripta veio mais tarde na franquia, mas quem se aventurou depois da geração do SNES lembra da quantia enorme de novidades que podiam ser liberadas por lá.

Tinha de tudo por lá, roupas, fatalities, artes conceituais... Tudo. Até mesmos sustos uma vez ou outra.

Derrotar Shao Kahn depois de várias tentativas

Maldito sejas, Shao Kahn. Você e suas marteladas que aniquilam a metade da vida do meu personagem. Você e sua força destruidora que já me fez fracassar várias e várias vezes na última fase do jogo.

Você não imagina o quão feliz eu ficava em finalmente te vencer. Possivelmente ficava tão emocionado que até errava o comando do Fatality.

As músicas inesquecíveis

Quem é que não lembra do tema do Mortal Kombat? Seja nos filmes ou nos games, a música da franquia sempre contagiou os fãs e jogadores. Aliás, vale a pena sempre lembrar dela, não é mesmo?

Além dela, todas as músicas são inesquecíveis. Quem é que não lembra da trilha sonora ao escolher os personagens? Ou aqueles loopings que ficavam na cabeça depois de entrar em algum dos cenários do game?

Escolher o seu personagem principal

Assim como em outros jogos de luta, a tela de seleção era sempre uma decisão difícil. Alguns se apaixonavam por um lutador e nunca mais largavam ele. Outros já queriam era soltar a porrada com todos.

Alguns sempre escolhiam o Sub-Zero. Mas eu sempre fui mais fã do Kabal. Qual era o seu preferido?

Bônus final: Toasty!

Porque ele sempre aparecia quando você menos esperava durante a partida...