O atual técnico de League of Legends da CNB e-Sports ClubPedro "Gafone" Ramos, não esconde o carinho que tem por um dos games que marcaram sua carreira de eSports: Warcraft 3. Antes de entrar no projeto Preparando Campeões da organização e seguir sua participação no MOBA da Riot Games, ele competiu em alto nível no game de estratégia da Blizzard — e, por isso, busca reviver um pouco dessa sensação na seletiva brasileira do Americas Championship Series.

"Minha maior motivação em ainda competir pelo Warcraft 3 é uma paixão antiga que eu ainda tenho pelo jogo", explicou em entrevista rápida com o The Enemy"Foi o primeiro título que eu joguei competitivamente e eu tenho muito carinho e boas recordações do tempo de ouro do Warcraft 3", completa.

O campeonato de Warcraft 3 acontece depois da Série de Promoção que o clube enfrentará no próximo domingo (6) contra a Operation Kino. O resultado da série define quem sobe para o CBLoL 2018 e quem desce para o Circuito Desafiante de League of Legends.

Gafone assumiu a posição deixada no final de julho pelo treinador estrangeiro Joseph "Strong" Edwards. Ele conta um pouco da influência do jogo para sua atual ocupação. "O Warcraft 3 me deu muita referência de como preparar mapa a mapa para séries no CBLOL. Começar um mapa já com um cheese para pegar o inimigo desprevenido, deixar alguns picks já preparados para 'snipar' os adversários, analisar padrões e comportamento de jogo", revela.

"Já o League of Legends, por eu ter competido em alto nível como jogador e coach, me traz bastante segurança, confiança e poder analítico para me preparar pros jogos da ACS. O micro não está tão afiado como antigamente, porém eu posso compensar em outros aspectos", finaliza.

A seletiva brasileira da ACS acontece no dia 19 de agosto e você confere as informações sobre a inscrição aqui mesmo no The Enemy. O campeão disputará o prêmio financiado pela comunidade com 15 outros competidores convidados e selecionados por seletivas por todo o continente americano.