De acordo com a ESPN, a Red Bull, marca de energéticos que apoia e investe no cenário de eSports, não poderá continuar com seu patrocinio para as equipes Cloud9 Team Solomid por conta de problemas referentes ao seu ingresso na EU Challenger Series.

A Riot possui medidas para previnir e evitar conflitos de interesse entre patrocinadores e equipes participantes, assim como aconteceu com a Team KinguinTeam Curse no passado, que precisaram cessar programas de patrocínio quando começaram a participar das ligas oficiais.

A equipe da Red Bull também precisou trocar seu nome para Team RB, também por conta de um requerimento feito pela Riot e até agora não se posicionou sobre os conflitos citados.

Além das equipes, alguns jogadores - como Enrique xPeke Cedeño Martínez - também perderão seu apoio se a medida for confirmada. Os jogadores de Super Smash Bros. da TSM, William "Leffen" Hjelte e Gonzalo "ZeRo" Barrios terão outros problemas para resolver, ambos estão 'empregados' na Red Bull e conseguiram seus vistos através das acomodações feitas pela empresa. Com isso interrompido, precisarão encontrar medidas para contornar a situação.

As equipes envolvidas ainda não se pronunciaram sobre o assunto. A Red Bull também não fez um comentário oficial.