Começou na última quarta-feira (5) no Chile o Rift Rivals, torneio de ligas de proximidade regional organizado pela Riot Games que acabou apelidado de "Libertadores" do League of Legends. As duas equipes que representam o CBLOLKeyd Stars RED Canids - completaram a primeira rodada uma vitória e uma derrota.

A primeira equipe do CBLOL a jogar foi a RED Canids, que atropelou a equipe mexicana Just Toys Havoks, com excelente atuação de Rúben "Rhuckz" Barbosa usando Blitzcrank. A partida acabou com placar de 16 a 9 para os Canídeos - vale lembrar que todos jogos da fase inicial do Rift Rivals são realizados em série melhor de um (MD1).

Em seguida, a Keyd Stars foi surpreendida pelo time argentino Furious Gaming, que traçou uma forte estratégia para travar a equipe de Gabriel "Revolta" Henud.

Entretanto, a Keyd se recuperou na segunda partida, contra a mexicana Lyon Gaming.  Jogando de Tristana, Gabriel "Juzinho" Nishimura construiu uma vantagem sólida para o time brasileiro na rota superior, que terminou a partida sem muitas dificuldades.

O dia se encerrou com derrota da RED Canids também para a Furious Gaming, Apesar de começarem atrás, o argentinos souberam se recuperar com boas caçadas de Barão.

Formato

O Rift Rivals é baseado no confronto de regiões e, com os resultados de Keyd e RED, o Brasil (CBLOL) está em segundo lugar. As vitórias da Furious garantiram a liderança para a América Latina Sul (CLS). Já a América Latina Norte (LLN) está em terceiro lugar.

Nesta quinta (6), a rodada começa com a RED enfrentando a argentina Isurus Gaming, às 17h (horário de Brasília). Já a Keyd enfrenta a Just Toys Havoks logo em seguida, às 18h. Duas horas depois, a Keyd joga novamente, agora contra a Isurus, e a RED Canids enfrenta a Lyon Gaming às 19h.

Como as regiões se enfrentam, não há partidas entre equipes do mesmo campeonato - ou seja, RED e Keyd não jogarão uma contra a outra. A região que terminar a primeira fase na liderança se classifica para a final, e as demais regiões disputam a outra vaga em série melhor de cinco (MD5). A final também é realizada em MD5.

Nos confrontos MD5, as equipes de uma mesma região se revezarão nos confrontos - ou seja, se a RED começar a série, a Keyd joga a segunda partida, e assim adiante.