Campeonato Brasileiro de League of Legends finalmente voltou com a temporada 2018. Depois de meses de descanso e trocas, as oito equipes da elite do League of Legends nacional estrearam com a primeira rodada do campeonato.

E, para você não perder nada, o The Enemy acompanhou atentamente cada uma das séries desse final de semana e explica quais equipes mandaram bem e quais podem melhorar para as demais semanas da competições.

Senhoras e senhores, com vocês o ranking semanal do CBLoL!

1. Vivo Keyd

Como era de se esperar do quinteto que já levou três títulos, a Keyd mostrou domínio, paciência e intensa sincronia nessa estreia do CBLoL. Trouxe poucos erros à mesa e, quando eles apareciam, não eram facilmente puníveis.

  • Partida da semana: 2-0 contra a INTZ.
  • Nota: 9
  • Destaques: Luan "Jockster" Cardoso e Gabriel "tockers" Claumann.
  • Pontos fortes: excelentes composições para brigar em vantagem e desvantagem, sincronia em teamfights, controle de visão e conversão de objetivos.
  • Pontos fracos: nenhum.

2. paiN Gaming

A paiN se mostrou intensamente coordenada já nessa estreia do CBLoL 2018. Cultivando paciência, a equipe não foi pega desprevenida mesmo contra uma das equipes mais imprevisíveis e ousadas de toda competição.

  • Partida da semana: 2-0 contra a Team oNe.
  • Nota: 8,5.
  • Destaques: Thiago "Tinowns" Sartori  e Pedro "Matsukaze" Gama.
  • Pontos fortes: trabalhou muito bem a falta de visão dos adversários, carrys protegidos e bem posicionados, preparada contra os engajes ousados da Team oNe.
  • Pontos fracos: algumas brechas poderiam custar caro — principalmente em alguns "baits" e poucas conquistas de dragão.

3. KaBuM! e-Sports

A KaBum já chegou surpreendendo com uma vitória por dois a zero contra a CNB. Toda a equipe se desenvolveu de forma organizada e conseguiu separar os Blumers constantemente. Os erros que tiveram, no entanto, não foram capazes de influenciar de forma negativa durante a série.

  • Partida da semana: 2-0 contra CNB. 
  • Nota: 8.
  • Destaques: Alexandre "TitaN" Lima e Matheus "Dynquedo" Rossini.
  • Pontos fortes: conversão de objetivos, paciência para contornar longas brigas e intenso controle de visão.
  • Pontos fracos: ritmo inicial mais lento que o normal e sofrendo de pequenos ganks.

4. Red Canids Corinthians

A estreia da parceria entre Red Canids e Corinthians no CBLoL foi marcada por altos e baixos. A equipe começou com coreanos extremamente afiados, mas acabaram perdendo o ritmo no segundo jogo e tiveram que se ajustar na decisão da série.

  • Partida da semana: 2-1 contra ProGaming. 
  • Nota: 8.
  • Destaque: Park "Winged" Tae-jin.
  • Pontos fortes: excelente coordenação durante as brigas no primeiro jogo, jogadas individuais fortes.
  • Pontos fracos: ritmo mais lento e pouco focado em objetivos.

5. ProGaming e-Sports

Uma surpresa agradável do CBLoL nessa semana foi a ProGaming. Afinal, a equipe conseguiu conduzir bem a pressão a partir do segundo jogo contra a Red Canids Corinthians e mostraram potencial para jogadas individuais e em equipe.

  • Partida da semana: 1-2 contra a Red Canids Corinthians.
  • Nota: 7.
  • Destaque: Gustavo "Minerva" Alves.
  • Pontos fortes: excelente pressão à longa distância no segundo jogo, rapidez e sincronia nas iniciações.
  • Pontos fracos: adaptação mais lenta para estratégias diferentes em uma mesma série.

6. Team oNe

A Team oNe não engatou muito bem nessa estreia. O coreano Han "Lactea" Gi-hyeon mostrou estabilidade perante a equipe, mas as peças da engrenagem ainda não estão rodando da melhor forma a ponto dele conseguir se destacar.

  • Partida da semana: 0-2 contra a paiN Gaming.
  • Nota: 6,5.
  • Destaque: Alanderson "4LaN" Meireles.
  • Pontos fortes: draft criativo à la Team oNe e visão de jogo trabalhando com late game.
  • Pontos fracos: avanços forçados demais em algumas situações.

7. INTZ e-Sports Club

A INTZ não estreou da melhor forma. Enfrentando uma das favoritas nessa temporada, eles tiveram avanços criativos no primeiro jogo, mas acabaram sucumbindo perante as composições e avanços poderosos da Keyd Stars.

  • Partida da semana: 0-2 contra Vivo Keyd.
  • Nota: 5,5.
  • Destaque: Diogo "Shini" Rogê.
  • Pontos fortes: caçador com boa movimentação inicial e farm.
  • Pontos fracos: iniciativas separadas em equipe, pouca visão que atrasava a contestação de objetivos.

8. CNB e-Sports Club

A CNB veio de uma temporada conturbada em 2017 e ainda tem uma certa apatia em suas movimentações — além de uma facilidade extrema de se desorganizar em momentos críticos.

  • Partida da semana: 0-2 contra KaBuM.
  • Nota: 5.
  • Destaque: nenhum.
  • Pontos fortes: proteção constante no primeiro jogo e rota do topo constante.
  • Pontos fracos: poucas mortes capazes de impactar a partida, brigas com pouca eficiência do atirador e do meio, falhas constantes em ofensivas e defensivas pelo flanco.