Destiny 2 já está em produção, segundo o CEO da Activision, Eric Hishber. A informação foi revelada durante uma reunião para acionistas da empresa.

destiny

None

Em diversas ocasiões, tanto a Activison quanto a Bungie, desenvolvedora do jogo, afirmaram que a intenção é tornar Destiny uma franquia a ser explorada por anos. O contrato da parceria entre as duas companhias vai até 2020.

Leia nossa crítica de Destiny

Recentemente o jogo teve a sua primeira expansão, "A Escuridão Subterrânea" (The Dark Below), anunciada para 9 de dezembro. Além da data, a Activision também divulgou as imagens do DLC e o valor: US$ 19. A expansão se baseia em Eris, uma personagem escondida por anos nas sombras da Colmeia, que busca convocar o deus Crota para destruir a Terra. A saga libera novas quests, a raid Crota's End e dois strikes cooperativos: The Will of CrotaThe Undying Mind - este último será exclusivo para PlayStation 3 PlayStation 4 até a primavera de 2015.

No multiplayer competitivo, três mapas serão adicionados: Pantheon, Skyshock e The Cauldron. A expansão também aumenta o limite do Nível de Luz para 32 e dá mais 5 espaços de contratos, além de trazer novas armas, armaduras e equipamentos, incluindo itens Lendários e Exóticos.

Na trama de Destiny, a chegada de Traveler (viajante) inicia uma Era de Ouro em que nossa civilização domina o Sistema Solar. A hegemonia não dura muito, porém, e quando uma força derruba a humanidade, os sobreviventes criam uma cidade subterrânea, o último ponto seguro da Terra, enquanto a superfície fica repleta de inimigos. O jogador viverá um guardião da cidade, capaz de controlar imenso poder.

Destiny está disponível para PlayStation 3PlayStation 4Xbox 360Xbox One.

Destiny | Crítica
Leia mais sobre Destiny