Apesar de uma série de desentendimentos nos últimos anos, o designer japonês Hideo Kojima lançou agradecimentos à produtora Konami em uma recente entrevista no Japão.

Ao conversar com o portal japonês Toyo Keizai, Kojima comentou que a empresa sempre "deixou ele fazer o que queria" — um fator inclusive que rendeu um agradecimento do diretor.

Ele também citou que, sempre que apresentava um novo projeto ou um orçamento, a Konami sempre respondia positivamente as suas intenções e comentava que estava tudo bem. Inclusive, Kojima reforçou que, até sair da empresa, ele sempre teve liberdade para seguir com as suas propostas de games independente da sua visão para o projeto ou a estrutura necessária para viabilizar suas ideias.

A entrevista seguiu para um pouco do seu passado e a sua visão no design dos jogos eletrônicos. Segundo ele, "há cada vez mais e mais membros da equipe que afetam partes extremamente pequenas dos games enquanto não são capazes de ver o produto como inteiro".

Kojima saiu da Konami no final de 2015 em uma série de polêmicas envolvendo a empresa. Você pode conferir o resumo de toda a ópera aqui mesmo no The Enemy, clicando no link logo acima.