[Atualização] Confira o trailer de lançamento do game:

A Ubisoft anunciou nesta terça-feira (31) que Assassin’s Creed Chronicles, o derivado de plataforma 2.5D vendido no temporada de Assassin’s Creed Unity, na verdade é apenas um capítulo dentro de um game que também terá episódios na Rússia e na Índia. Desenvolvido pelo Climax Studios, o título será vendido digitalmente, por episódios - o primeiro chega em 21 de abril, com preço sugerido de R$ 29,90. Veja as primeiras imagens na galeria abaixo:

assassins-creed-chronicles

14 fotos
1 de 14
+9 fotos
✖︎

Os três capítulos terão personagens já explorados em outras obras da franquia Assassin’s Creed: a protagonista do primeiro episódio é Shao Jun, a última aprendiz de Ezio Auditore no curta Assassin’s Creed Embers. O segundo capítulo será estrelado pelo indiano Arbaaz Mir e o terceiro, pelo russo Nikolai Orelov - ambos apareceram nos quadrinhos.

Cada capítulo se passa em um período histórico diferente e a direção de arte vai refletir cada época. O episódio de Shao Jun tem cenários que se assimilam a pinturas, enquanto o da Índia terá um estilo de impressão dos jornais ingleses da época colonial e o da Rússia será inspirado nas propagandas comunistas do início do século XX. A jogabilidade de cada personagem também varia: Jun é rápida e furtiva, Mir é mais forte e Orelov tem uma espingarda.

Em um evento voltado para a imprensa realizado nesta segunda-feira (29), jogamos até a metade do segundo capítulo, com Shao Jun, que explica o básico dos comandos e elementos do game. Os elementos de ação furtiva característicos da série foram bem adaptados às fases de Chronicles. Jun, que privilegia o stealth, pode se esconder em dois planos, evitando os guardas e podendo os assassinar pelas costas. O game também te incentiva a evitar o conflito: além de Jun morrer com poucos golpes, andar escondido rende pontos que são convertidos em novas habilidades para a assassina.

A parte de plataforma adapta o parkour de forma muito prazerosa. Jun salta e escala com agilidade e destreza, e o gênero já favorece esse tipo de movimentação - antes mesmo do tutorial acabar, já estava mais do que acostumado com os comandos. O Climax Studios mostra potencial em cenários bem construídos. Depois da China, jogamos uma versão prévia do capítulo da Índia, no qual Arbaaz Mir se locomovia em um cenário que está prestes a desabar.

A Ubisoft explicou que os três episódios serão relacionados entre si. Os outros personagens tem conexões com os assassinos dos games principais, como Ezio e Connor. E com jogos futuros? O estúdio não revelou nomes, mas afirmou que “todos os Assassin’s Creed estão conectados”.

Os capítulos, com quatro a seis horas de duração, devem ser lançados até outubro - data perfeita para o lançamento do próximo título principal da série. Portanto, não ficaremos surpresos se houver conexões entre o derivado e Assassin's Creed: Victory, que vazou no ano passado e será ambientado na Inglaterra vitoriana. Enquanto esta aventura não chega, a simplicidade de Chronicles indica um bom caminho para uma série mais do que saturada.

Leia mais sobre Assassin’s Creed