Ônibus de transporte de funcionários da Apple e da Alphabet, empresa do qual o Google faz parte, foram atacados nos últimos dias na área do Vale do Silício, confirmaram autoridades locais nesta quinta-feira (18).

De acordo com a Reuters, a Apple confirmou que um de seus veículos teve uma das janelas rachadas por um objeto, mas ninguém ficou ferido. Como precaução, a rota dos ônibus da empresa foram modificadas. O incidente ocorreu na última sexta (12).

Nesta quinta-feira, mais quatro veículos da Apple e um da Alphabet foram atacados. A polícia descartou que os objetos pudessem ser detritos acidentais, confirmando a teoria que foram lançados intencionalmente contra os ônibus.

Como resultado dos ataques, a polícia local reforçou o caminho entre São Francisco e os campi corporativos do Vale do Silício.

Em 2013 e 2014, manifestantes atacaram ônibus de transporte de funcionários de empresas de tecnologia como forma de protesto contra o impacto negativo destas companhias na região – o que inclui o aumento no custo de vida e de imóveis na cidade.