Lançado há pouco mais de uma semana, o iPhone X ainda sequer chegou ao mercado brasileiro oficialmente, mas uma das unidades do dispositivo já demonstrou problemas de funcionamento para o paulista Rafael Fessel.

Segundo Fessel, o dispositivo foi trazido da Espanha por um amigo e chegou às suas mãos no último domingo (12).

Ao The Enemy, o usuário afirma que o smartphone estava funcionando normalmente até esta segunda-feira (13), mas sofreu com um desligamento repentino após "algumas horas de uso".

Ao remover uma capinha de proteção que utilizava no iPhone X, Fessel notou o discreto estufamento na carcaça do celular, que não chegou a descolar a tela do dispositivo completamente, mas foi suficiente para fazê-lo parar de funcionar.

iPhone-X-estufamento

5 fotos
1 de 24
✖︎

Por conta de um "cheiro de bateria" exalado pelo disposotivo, a suspeita, segundo ele, é que o estufamento tenha acontecido durante a noite, quando o smartphone foi carregado pela primeira vez. Ainda de acordo com Fessel, o dispositivo não sofreu nenhuma queda antes do incidente.

O modelo, de 256 GB de armazenamento interno e na cor prata, foi comprado em uma loja da rede Movistar por € 1.329,00 – o equivalente a cerca de R$ 5.190. De código A1901, a versão do smartphone é a mesma já homologada pela Anatel no Brasil.

Fessel afirma ter entrado em contato com o suporte da Apple no Brasil e através do Twitter, mas recebeu apenas a indicação de que o dispositivo poderia ser trocado em algum mercado no qual o iPhone X já fosse vendido oficialmente, mas não no Brasil – onde ainda não há previsão de lançamento. “Eu sou consumidor assíduo da Apple”, comentou Fessel. “Fiquei muito frustrado com a falta da atenção”.

O The Enemy entrou em contato com a Apple e atualizará a nota assim que a empresa se posicionar sobre o caso.

Descolamento de tela do iPhone 8 Plus

Lançado no final de setembro, o iPhone 8 Plus também apresentou problemas de estufamento logo após sua chegada ao mercado.

Em dois incidentes reportados por usuários do Japão e de Taiwan, é possível ver com clareza o descolamento da tela do restante do dispositivo por conta de uma possível expansão da bateria.

Na ocasião, a Apple recolheu um dos dispositivos e afirmou que o caso estava sob investigação.