Durante uma apresentação para investidores, a Samsung abriu alguns detalhes que revelam o que podemos esperar da câmera do Galaxy Note 8 com base em informações sobre o sensor ISOCELL.

De acordo com o documento da apresentação (via Slash Gear), se presente no smartphone, o sensor ISOCELL Dual permitiria ao Galaxy Note 8 ser o primeiro smartphone da Samsung a traz er uma dupla de câmeras na parte traseira – o que é algo não só esperado por consumidores, mas sugerido por uma série de rumores e imagens vazadas de supostas capas de proteção do smartphone. O mais interessante, no entanto, fica por conta de outras três tecnologias embarcadas no sensor. 

Reprodução/Samsung

A primeira é a capacidade de um zoom óptico – não digital – de até 3x usando uma combinação das duas lentes. Já a tecnologia Low Light Shooting, permitirá uma performance melhor de imagens em ambientes escuros. 

Por fim, temos a tecnologia Dual Sensing, que parece bastante semelhante à tecnologia RealSense da Intel, permitindo que as duas câmeras distingam melhor entre imagens no primeiro plano e imagens de fundo na hora de tirar uma foto. 

O que isso poderia significar para o Galaxy Note 8, nós ainda não sabemos, mas é fato que a tecnologia abre espaço para aplicações como realidade aumentada – como é o caso do Project Tango, do Google.

Se o sensor ISOCELL estará presente no Galaxy Note 8, só descobriremos nos próximos meses, mas é fato que a tecnologia é considerada um ativo importante para a Samsung, ao ponto da companhia indicar ter planos de transformá-la em uma nova linha independente de negócios, com potencial de lançar outros produtos próprios no futuro.