Samsung revelou o Exynos 9810, seu processador de próxima geração, que, apesar de não haver confirmação oficial, pode ser o motor por trás de um eventual Galaxy S9 S9+.

O chip, que foi anunciado como parte de uma leva de produtos agraciados com uma premiação de inovação para a próxima Consumer Electronics Show (CES), a maior feira de tecnologia do mundo, terá processo de 10 nanômetros, a terceira geração de núcleos da Samsung, uma GPU atualizada e um modem LTE com suporte à tecnologia 6CA, que o prepara para a transição das conexões mobile 4G para 5G.

Veja uma imagem do chip abaixo:

Divulgação/Samsung

A principal especulação da indústria é a de que os eventuais S9 e S9+ usem o Exynos 9810, mas há a possibilidade de a fabricante coreana revelar mais um processador para estes aparelhos, já que outro rumor apontava que a nova geração do flagship usaria um chip construído em processo de 8 nanômetros, e não 10.

Um chip com processo de menos nanômetros significa que os transistores dentro dele estarão mais próximos um dos outros, garantindo um melhor processamento de dados com mais economia de energia.

Outro rumor aponta que o Galaxy S9 pode ser lançado antes de sua data habitual, em abril. Sendo assim, faria sentido a Samsung já anunciar seu processador tão cedo.