Após alguns meses de antecipação, a chinesa Xiaomi finalmente apresentou o Mi Mix 2 nesta segunda-feira (11), sucessor oficial do Mi Mix – o smartphone praticamente sem bordas lançado pela empresa no ano passado.

Diferente do primeiro modelo da linha, no entanto, o Mi Mix 2 traz um display Full HD+ menor – que passou de 6,4 polegadas para 5,99 polegadas –, mas com proporção maior  de 18:9 , o que deixa sua tela mais estreita e mais alta do que o dispositivo anterior e com uma borda 12% mais fina.

Por baixo da tela, Mi Mix 2 também traz um hardware poderoso, que inclui um processador Qualcomm Snapdragon 835, versões de 6 GB ou 8 GB de memória RAM e opções de 64 GB, 128 GB ou 256 GB de armazenamento interno. Há também uma edição especial do modelo com acabamento em cerâmica e 128 GB de memória.

Xiaomi Mi Mix 2

5 fotos
1 de 24
✖︎

No departamento de câmeras, o smartphone traz uma única lente na parte traseira, que chega com 12 megapixels e sensor Sony IMX386 – que é o mesmo módulo usado pelo Xiaomi Mi 6. A câmera de selfies, por sua vez, contabiliza apenas 5 megapixels. O software será o já conhecido Android 7 Nougat, customizado com a interface MIUI 9.

Outra mudança em relação à geração anterior do modelo é a queda na bateria: o Mi Mix 2 traz uma célula com 1.000 mAh a menos do que o Mi Mix original, com 3.400mAh – número que não é exatamente pequeno, mas pode ser desanimador para usuários que gostam de smartphones com super autonomia.