Com o objetivo de restaurar o manchado nome da linha Galaxy Note após os incidentes de superaquecimento da bateria e combustão espontânea que praguejaram o Note 7 no ano passado, o Galaxy Note 8 finalmente chega nesta semana.

Como já antecipado pela Samsung, o smartphone será apresentado oficialmente na próxima quarta-feira (23), às 10h do horário de Brasília, em um evento em Nova York.

E como era de se esperar de um dos mais aguardados dispositivos do segundo semeste, o Note 8 teve um caminho pavimentado por vazamentos e rumores sobre suas configurações e algumas de funcionalidades – então separamos aqui tudo que sabemos antecipadamente sobre o dispositivo e o que deverá vir por aí.

Design

Em alguns aspectos, o Galaxy Note 8 deve seguir a mesma linha de design do modelo anterior da linha Note, mas herdando novas características dos bem-sucedidos Galaxy S8 e Galaxy S8+.

O indicativo mais confiável que temos do formato do produto – ironicamente – vem da própria Samsung, que publicou, por engano, uma imagem do produto em seu site – rapidamente capturada por usuários do Twitter, é claro:

No final de julho, o jornalista Evan Blass, notório por seus vazamentos precisos,também colaborou com algumas que nos dão um bom vislumbre do aparelho:

Como indicam as imagens, o modelo deve trazer o mesmo display Super AMOLED infinito do S8 e S8+, com proporção de 18,5:9 e resolução de 3840 x 2160, mas em uma versão maior – de 6,3 polegadas.

Com a tela ocupando grande parte do espaço frontal do dispositivo, é possível notar ainda que o sensor de digitais foi parar na traseira, ao lado da dupla de câmeras. O posicionamento do leitor biométrico é similar ao do S8 e S8+, que não foi particularmente popular por ser difícil de alcançar e tem o potencial de se tornar um incômodo ainda maior agora, por conta do tamanho do Note 8.

A expectativa é que a Samsung também retome a certificação IP68, já presente no antigo Note 7 e também no S8, o que significa que o smartphone poderá ser imerso em até 1,5 metros de água por até 30 minutos.

Configurações

Como era de se esperar de um smartphone de topo de linha, o Note 8 chega com uma combinação excelente de hardware.

Se confirmadas as expectativas – também cortesias de Evan Blass –, a empresa repetirá a dupla de processadores que embarcou no S8 e S8+: o Exynos 8895, para maioria dos mercados, ou Qualcomm Snapdragon 835, no Estados Unidos.

Além disso, o dispositivo deve trazer 6 GB de memória RAM e 64 GB de armazenamento interno – expansíveis via cartão microSD. Há ainda suspeitas de que a Coreia do Sul possa receber uma versão de 128 GB de armazenamento.

Funcionalidades

Rumores sobre as novas funcionalidades que virão embarcadas no Galaxy Note 8 são relativamente escassos, mas temos algumas apostas seguras do que podemos esperar para o dispositivo.

Um dos elementos que já teve o retorno garantido pelas imagens vazadas é a caneta S Pen, tradicional acessório da linha Note para produtividade. Ainda não é certo quais se novos recursos serão implementados, mas assim como o Note 7 trouxe novidades como Zoom e tradução simultânea com a caneta, é de se esperar que algo novo seja apresentado.

Estreado pela primeira vez juntamente ao Galaxy S8 e S8+, o assistente de voz Bixby também é uma certeza do Note 8 – sua presença deve, inclusive, se manifestar novamente na forma de um botão dedicado, como revelado pelas imagens vazadas.

A vantagem agora é que o Bixby chega junto ao novo smartphone com uma disponibilidade maior do que tinha quando surgiu – afinal, o assistente teve um lançamento um pouco conturbado nos Estados Unidos, com seu suporte de voz chegando após o lançamento do smartphone. Além de já ter suporte para inglês e coreano, o assistente já tem alguns de seus principais aplicativos sendo liberados em regiões como o Reino Unido, Índia, África do Sul e Europa, o que indica ainda que seu lançamento global pode estar se aproximando.

Há também o potencial de que nós possamos ver algumas novidades sobre o Bixby, o que pode incluir o anúncio de fones de ouvido dedicados ao assistente virtual.

Bateria

Invariavelmente, o aspecto mais sensível do Galaxy Note 8 será sua bateria. Desde os dois recalls promovidos pela Samsung por conta dos problemas com a bateria do Note 7, a empresa vem se esforçado para comprovar que reviu processos de segurança para garantir que novos incidentes não ocorram.

Ainda não sabemos quanto tempo será dedicado ao tema durante a apresentação do Note 8 – no caso do S8 e S8+, primeiros flagships lançados após o desastre do Note 7, a fala sobre segurança de baterias durou menos de um minuto –, mas podemos apostar que a sul-coreana dará algum recado aos consumidores para assegurá-los de que o novo Note não terá tendências explosivas.

Quanto à capacidade da bateria, a expectativa é que o smartphone traga 3.300 mAh – um pouco menor do que os 3.500 mAh embarcados no modelo do ano passado.

Câmeras

O Galaxy Note 8 marca a entrada da Samsung do mercado de smartphones com câmeras duplas na parte traseira – chegando consideravelmente atrasada à disputa, já que rivais como Apple, LG, Huawei, Motorola e Asus já têm ofertas do tipo.

Apesar de terem sido “confirmadas” apenas em imagens vazadas, há uma indicação bastante recente e vinda da própria Samsung que sugere que as câmeras duplas serão uma realidade.

Antecipando o lançamento do smartphone, um comercial sul-coreano divulgado na última quinta-feira (17) contém uma cena bem sugestiva (veja no vídeo acima): logo aos primeiros segundos, é possível ver a imagem de uma mulher segurando as duas mãos como “binóculos” em frente aos olhos, que, na sequência, é cortada para a figura de um homem com seus arredores “borrados” – uma referência clara ao chamado efeito “bokeh”, que deve estar no Note 8 e já pode ser encontrado no iPhone 7.

Se confirmados rumores anteriores, as duas câmeras traseiras do dispositivo devem chegar com sensores de 12 megapixels – uma com autofoco e abertura f/1.7 e outra com abertura f/2.4 e zoom óptico de 2x. A câmera frontal, por sua vez, promete um sensor de 8 megapixels e abertura f/1.7.

Mas quando (e por quanto) ele chega no mercado?

O Galaxy Note 8 deverá chegar em quatro cores diferentes: Midnight Black (preto), Maple Gold (dourado), Orchid Grey (cinza) e Deep Sea Blue (azul escuro). A data exata que isso acontecerá, no entanto, continua sendo a pergunta mais difícil de se responder.

Nos últimos meses, uma série de diferentes datas de lançamento e pré-venda foram ventiladas por diferentes publicações. A imprensa sul-coreana sugere que o dispositivo chega oficialmente às lojas no dia 15 de setembro, quase um mês mais tarde do que a data de lançamento original do Galaxy Note 7, que chegou em 19 de agosto do ano passado. Ainda assim isso deve ser antes do anúncio oficial do antecipado iPhone 8.

A informação foi reforçada por – de novo ao resgate! – Evan Blass na última quinta-feira (18), que afirmou que a pré-venda começa já no dia seguinte ao anúncio do Note 8. Ainda segundo ele, a Samsung prepara alguns extras para a pré-venda, incluindo um cartão microSD de 256 GB, carregadores sem fio ou uma câmera 360.

Qualquer que seja a data exata de lançamento, uma coisa parece certa: o Note 8 não será nada barato. A expectativa é que, na Europa, ele seja lançado por salgados € 1,000 (aproximadamente R$ 3.700 em conversão direta) – um preço surpreendentemente alto quando comparado ao valor do S8, por exemplo, que chegou originalmente por U$ 720 (ou R$ 2.265).

De qualquer forma, só precisamos aguardar mais dois dias antes de tirarmos todas essas dúvidas de fato.